segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Resenha: Demonglass, Hex Hall #2 - Rachel Hawkins

Hey gente, tudo bem?

Bom, desde que li Hex Hall fiquei louca pela continuação, mas como eu não leio em inglês aqui estava eu procurando e-book do livro(sim, eu ainda  arrumo tempo para ler assim). Até que Joe Silva, mandou para meu e-mail (pq eu faltei implorar. Haha) e eu li, em uma noite. Sério, eu não conseguia parar de ler.


Sophie Mercer achava que era uma bruxa. Essa foi a razão pela qual ela foi enviada para Hex Hall, uma escola para Prodígios inadimplentes (bruxas, metamorfos, e fadas). Mas isso foi antes de descobrir o segredo de família, e que sua paixão, Archer Cruz, é um agente do The Eye, um grupo com tendência a limpar os Prodígios da face da terra. Acontece que, Sophie é um demônio, um dos dois únicos no mundo, sendo o outro seu pai. O pior é que ela tem poderes que ameaçam a vida de todos que ela ama. Qual é precisamente porque Sophie decide que deve ir a Londres para retirá-los, um procedimento perigoso, que irá destruir seus poderes. Mas uma vez que Sophie chega, faz uma descoberta chocante. Seus novos amigos? Eles são demônios. Significada que alguém os está criando em segredo com planos assustadores para usar seus poderes, e provavelmente não para o bem. Enquanto isso, The Eye é colocado para caçar Sophie, e eles estão usando Archer para fazê-
lo. Mas não é que ela tenha mais sentimentos por ele. Será que ela não tem?

Queria lembrar a vocês que se não leram o 1 livro, leia a resenha com a sua conta em risco, pois tem spoiler do livro anterior.

Depois de meses turbulentos em Hex Hall, desde Sophie descobrir que é um demônio, até o cara que ela gosta, Archer ser espião do Olho (The Eye). Ela decide que não quer mais conviver com esses poderes que podem machucar quem ama e decide passar pela remoção, mesmo sabendo que pode sair sem vida.

Demonglass  começa com Sophie em Hex Hall, mas logo ela vai para Londres com o pai para a sede do Conselho, no qual ele fará de tudo para convencê-la a não passar pela remoção, para ir a Londres ela vai com sua melhor amiga Jenna e o tão calado e charmoso Cal. Para quem Leu Hex Hall Cal era apenas um “figurante”, mas eu saquei na hora o que ele estava fazendo ali. Mas quando chega em Londres descobre que ela e o pai não são os únicos demônios que existem, alguém está criando demônios e uma guerra está por vir. Sophie entra em mais confusão, dá para perceber que as coisas não ficarão nada fáceis mesmo do outro lado do mundo.

Pensando você que Archer está sumido, se enganou, em Londres ele procura Sophie, e percebemos que mesmo com o que ele fez, ela ainda está apaixonada. O pai de Sophie está bem mais perto da filha, talvez tentando recuperar o tempo perdido, e ele é um cara até bem bacana, se formos pensar por ele ser um demônio. rs

Sophie continua com seu sarcasmo afiado. O livro flui com uma rapidez impressionante. Mas, infelizmente ele não me surpreendeu, não teve aquela cena onde acontece algo que eu não esperava, tudo foi muito previsível. Tirando o final que foi totalmente revoltante, sim porque ela (a autora) nos deixa em uma cena que meudeus do céu, essa mulher quer matar a gente do coração? Quando a coisa estão começando a ficar feia ela acaba o livro, revoltante, mas muito viciante! Haha

Quero destacar um pouco Cal(suspiros), porque sinceramente eu gosto dele e venho apostando no crescimento dele na série desde que ele apareceu no primeiro livro (lembram que ele ficava olhando Sophie?), então já estou sentindo ele sendo crucial no 3°livro!!

Para quem não leu a série, vale conferir é bem bacana.
Beijos e até breve ;)

4 comentários:

DANY disse...

No começo eu achava essa serie bem previsível, mas acabei me surpreendendo. Agora lendo o segundo livro já vicie em Hex Hall. E, deveria ser proibido os autores fazerem finais assim, bem no melhor momento, só pra nós ficarmos ansiosamentente esperando a continuação.

Luciana Mara disse...

Ei Salomé!

Oscilando entre pedir e não pedir o e-book tb...kkk
Ela ainda está apaixonada pelo Archer, mas ele??? Gosta dela msm? Fiquei curiosa...

Ai, ai, ai... já estou com medo deste final revoltante.

As capas originais da série são bem mais bonitas, né?! Revoltante a mudança que fizeram na capa do primeiro volume da série.

Bjins

Niii disse...

ahhhhhhhh,
tbém suspirei pelo cal! *_*
é mara esse livro não e?

bjs

Cam disse...

Hoje peguei ele para ler na Livraria Cultura, e li até a pag. 100 em um fôlego só!
EStou aqui pensando se devo comprar ou lançar em português, queria ter a série toda seguindo o mesmo estilo... ;/
adorei sua resenha!
bjbj
CAm
confissoesdeumabookworm.blogspot.com

Postar um comentário

Bem Vindo ao Delírios de Salomé! Fique a vontade para comentar, deixar dicas, sugestões e o que achou do post claro *--*
Beijoos;*

 
Layout de Giovana Joris