quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Resenha: Casório?!

Ahh, quanto tempo! Sim eu sumi total, acabei realmente viajando no natal e confesso que foi uma merd* , viajei uns 1600 km ou mais sendo que dava pra ser a metade se eu fosse pra Salvador e com certeza seria mais divertido, fiz um acordo com meu pai de ele me pagar pra eu viajar com eles (eu fui enrolada e to sem o dinheiro até agora). Entre outras coisas cheguei, fiquei doente, então agora que está sendo possível organizar tudo. Principalmente minha cabeça, até porque o ano está acabando –já não era sem tempo- e temos sempre que começar o ano com o pé direito. Comecei esse livro da Marian e passei esse o tempo todo lendo até que terminei todas a 644 pág.


Título:Casório?!
Autor: Marian Keyes
Editora: Bertrand Brasil
Número de páginas: 644

Sinopse: Lucy nem ao menos tem namorado (para falar com franqueza, ela nem tem assim tanta sorte no amor). Mas a senhora Nolan jogou o tarô e previu que Lucy estará entrando na igreja, a caminho do altar, dentro de um ano.
As amiga que dividem o apartamento com Lucy ficaram estarrecidas com a notícia. Se ela for embora, isso vai acabar pondo fim ao seu maravilhoso estilo de vida, que consiste em comer quentinhas, beber muito vinho, levar rapazes para o apartamento e jamais fazer uma faxina na casa. Mas Lucy as tranqüiliza, dizendo que anda ocupada demais brigando com a mãe e se preocupando com o irresponsável do pai para pensar em se casar.
E há um pequeno problema: não existe nenhum namorado na jogada. Entretanto, Lucy conhece Gus, o lindo e anda confiável Gus, e começa a se perguntar: será que ele poderá ser o futuro Senhor Lucy Sullivan? Ou quem sabe Chuck, o americano bonitão? Ou Daniel, o maior paquerador do mundo? Ou quem sabe Jed, o novo rapaz que foi trabalhar na firma?

Comecei a ler esse livro há dois dias (se eu não me engano haha, to meio ruim ainda desde o natal, sim 5 dias atrás) com expectativas, claro, porque é o primeiro livro que eu pego da autora. No primeiro momento o livro me assustou com tantas páginas mais aí eu pensei: Bom deve valer a pena, vamos lá! E valeu, como valeu. Senti todas as sensações, raiva, tristeza, felicidade, momento oww, algumas horas tinha que me segurar pra não rir tão alto, depressão, entre outros que nem lembro agora.
O livro é bem detalhado mas eu gostei da escrita. Os personagens são tão reais que você se apega muito a eles, e é um livro que não me trouxe apenas momentos de distração, me fez realmente pensar, avaliar ou reavaliar algumas atitudes da minha vida.
Lucy é uma típica protagonista cheia de problemas tanto familiar como amoroso, dividindo sua vida entre amigos do trabalho, as amigas do apartamento e Daniel seu amigo “garanhão” que ela nunca entendeu como uma mulher pode se interessar por ele. Pra piorar a situação ela vai numa cartomante e descobre que dentro de pouco mais de um ano ela vai se casar, mas tem um porém, só um detalhe, quem será o noivo? Pelas experiências amorosas de Lucy nem ela nem seus amigos acreditam que isso pode ser possível, mas lá no fundo ela realmente quer que isso aconteça, afinal ela já é uma mulher de 26 anos, e sonha em encontrar o amor de sua vida, apesar de seu gosto pra homens ser pra lá de duvidosos.
Lucy conhece Gus e começa a achar que ele é o cara certo pra casar, será que dessa vez dá certo?! Há momentos em que eu tinha vontade de matar alguns personagens, principalmente karen por ser tão exibida kkkk, ou Lucy por ser tão, tão besta. 
O livro é bem divertido, Lucy é engraçada e ri de sua própria desgraça(eu?!). É bem engraçada a sua rotina com as amigas do escritório, as conversas com as meninas do apartamento ou até suas neuroses de querer se matar kkk, além de ter Daniel os dois são bem divertidos juntos, apesar de eu me perguntar diversas vezes como ele aturava ela. Hahaha
Mas eu me incomodava do jeito que ela se achava inferior, como se deixava manipular e a maneira as vezes ingênua.
O livro também teve aqueles momentos lenga lenga, de textos muito longos e até as vezes os pensamentos de Lucy que eu ficava tipo: espera aí... respiraaa... agora pode terminar com esses pensamentos sem noção.
De qualquer forma, o livro foi bem legal me fez pensar, me divertir e é isso aí, eu recomendo.
(talvez essa resenha esteja (lê-se: está) totalmente sem noção, mas acabei de ler o livro e tô com medo de soltar spoiler)

Nota: 6 , (eu daria 7 se Lucy não fosse tão chata e a narrativa não desse tantas voltas!)

Beijoos ;*

6 comentários:

plift disse...

Que bom que você achou o livro bem legal!
Acho que esse vai ser o próximo livro que vou ler!
Por enquanto estou lendo: Garoto encontra Garota (Meg Cabot).

=)

Salomé Fernandes disse...

Achei muito legal o livro e quero saber o que achou quando ler!
garoto encontra garota também é muito bom;) Meg e Marian são ótimas escritoras!

Entre Fatos & Livros disse...

Estou doida para ler esse! *.*

Já está na lista de 2011!

Que bom que voltou!

Bjo
Pri
Entre fatos & Livros

.Niii. disse...

Já li!
A Lucy é uma mala, só li até o fim pelo Daniel! Amoooo *_*
hehe
Bjos flor!

Salomé Fernandes disse...

Estou de volta ;)
pois é ela é uma mala mesmo, como eu não lembrei esse adjetivo! ahh tbm só li pelo final previsível que eu queria saber como iria acontecer! haushsau

beijoos;D

Naná Burmann disse...

Oi Salomé! Acabei de chegar aqui e gostei muito. Também li Casório?! Gostei muito. Aliás, até agora gostei de todos(oito) os livros que li da Marian Keyes, e percebi que os meus preferidos são os que a narração é feita em primeira pessoa.
Já estou te seguindo!
Até...
http://sonhoebrigadeiro.blogspot.com

Postar um comentário

Bem Vindo ao Delírios de Salomé! Fique a vontade para comentar, deixar dicas, sugestões e o que achou do post claro *--*
Beijoos;*

 
Layout de Giovana Joris